maio 29, 2020

Nigel Mansell World Champioship

Por Fernando Alves Firmino

Em 1993 o Leão rugia forte e a Nintendo levou ele para um game sensacional.

Em grande estilo, o Nigel Mansell’s World Championship teve versões para Game Boy, Mega Drive, NES e Super NES, todos licenciados pela FIA. No Super Nintendo, é considerado por muitos a melhor versão de Fórmula 1 de todos os tempos.

O jogo disponibilizava 16 circuitos internacionais, 12 carros participavam das provas. Durante as provas era comum ver placas de publicidade das marcas que patrocinavam a Fórmula 1, características bem comuns nas franquias lançada alguns anos depois no console da Sony.

Resultado de imagem para Nigel Mansell World Championship

As placas nas curvas eram um grande desafio. O jogo exigia bastante cuidado do jogador na frenagem das curvas, os circuitos eram bem dinâmicos e as provas com sol e pancadas de chuva transformavam o asfalto em um verdadeiro sabão.

You have not selected any video for that player. Please check the player and set a video source.

Damon Hill, Michael Schumacher e Alain Prost eram os principais adversários do jogo. O brasileiro Rubens Barrichello figurava na Jordan, com um carro todo verde, e sempre brigava por posições na parte intermediária da classificação. Piquet era o outro brasileiro e completava a maioria das provas na penúltima colocação.

Resultado de imagem para Nigel Mansell’s World Championship snes

A reprodução do ronco dos motores dos carros de Fórmula 1 começou a ganhar traços semelhantes aos reais nesse sucesso do Super Nintendo.

Uma curiosidade é que o jogo de Nigel Mansell’s Champioship recebeu uma versão pirata com o nome de Ayrton Senna F1 Racing. A versão com o piloto brasileiro tem mudanças apenas estruturais que não interferiram na qualidade do jogo.

Versão Indy

Teve também a versão para Fórmula Indy